Os móveis de Tobias – Neemias 13

Neemias é conhecido por sua liderança e zelo religioso. Tinha amor profundo por Deus e por Jerusalém, a Cidade Santa. Quando, no exílio, recebeu a notícia do estado em que se encontrava Jerusalém e o povo, ele chorou, lamentou, jejuou e orou perante o Deus dos céus. Recebendo permissão do rei Artaxerxes, Neemias viajou a fim de restaurar os muros da cidade e cuidar da vida espiritual do povo. Após doze anos retornou à Babilônia, mas logo depois regressou para Jerusalém. Percebeu que a condição espiritual dos judeus ainda era ruim, a ponto de um ímpio como Tobias mudar “de mala e cuia” para a Casa de Deus.

1. Tobias, o dono dos móveis

Tobias é citado em várias partes do livro de Neemias como um homem perverso e de mau caráter (cf. Ne 2.10,19; 4.1-3,7; 6.10-13,19b). Alguém descreveu Tobias como um “homem mau, fraudulento, imprestável, politiqueiro, um homem que fazia negócios obscuros, ciumento (não havia feito nada pelo seu povo e agora que chega alguém interessado em reconstruir a cidade seu coração se enche de ódio), um homem que vivia maquinando e planejando como derrubar Neemias, usando a sua língua ferina, sua influência política”.

Tobias era amonita, contudo, tinha nome hebraico que significa “O Senhor é Deus”. Ou seja, ele tinha nome de crente, por assim dizer, mas não era crente, não pertencia ao povo de Deus. Além disso, quando Neemias chegou em Jerusalém, Tobias estava morando nas dependências da Casa de Deus, mais precisamente numa “câmara grande”. Isso não é curioso? Tobias praticamente morava dentro da Casa de Deus, mas não era de Deus. É provável que participasse dos cultos de louvor e adoração. Talvez para fazer média com os crentes, ou algum crente, porém, ele não era crente, não era um homem de Deus. Tobias era do Maligno! Um ímpio entre os santos. Um homem que não amava a Deus e nem ao povo de Deus, preocupado consigo mesmo.

2. Os móveis de Tobias

Os móveis de Tobias ocuparam o lugar dos móveis de Deus. Para que os móveis de Tobias entrassem na Casa de Deus foi preciso que os móveis de Deus saíssem. Os móveis de Tobias eram profanos e mundanos, mesmo sendo novos. Um símbolo de que as obras da carne e do pecado não podem ocupar o mesmo espaço do Espírito e da santificação. Uma representação do mundanismo inovacionista que invade sorrateira, mas também descaradamente, a Igreja do Senhor Jesus nos dias de hoje!Os móveis de Deus podem ser “antigos”, mas são os móveis de Deus. Representam a sã doutrina, o puro evangelho da graça de Cristo, o culto segundo a vontade de Deus. Ou seja, as coisas que agradam a Deus porque provém do próprio Deus.

3. A faxina de Neemias

Sempre haverá alguém, levantado por Deus, com zelo pelo Senhor e pelas coisas referentes a ele. Aqui, esse alguém é Neemias. No entanto, a origem de tudo de ruim que estava acontecendo na Casa de Deus era Eliasibe, o sacerdote. O homem que devia representar o povo perante Deus estava “aparentado” com Tobias. A Bíblia diz: “Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno, do crente com o incrédulo? (2Co 6.14,15). Eliasibe não foi uma influência positiva na vida de Tobias, pelo contrário, Tobias é quem influenciou negativamente Eliasibe, a ponto deste permitir que um ímpio morasse na Casa de Deus. Conseqüentemente, Neemias lançou fora os móveis de Tobias e reintroduziu, em seu devido lugar, os móveis de Deus.

Meus irmãos, a Casa de Deus somos nós, você e eu (cf. 2Co 6.16-18). Deus não quer que os móveis de Tobias façam parte de sua Casa (cf. Tg 4.8-10). Portanto, olhe bem para os cômodos de sua vida. Lance fora os móveis de Tobias; lance fora a mobília que não agrada a Deus!“Tendo, pois, ó amados, tais promessas, purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus” (2Co 7.1).

Autor Rev. Josivaldo França Pereira

Pastor da I. Presbiteriana do Brasil. Bacharel em Teologia pelo STP – SP e Doutorando em Ministério pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper –

10 Responses to Os móveis de Tobias – Neemias 13

  1. Leilahh disse:

    Por esses dias tenho falado com Deus que não quero que nenhum "Tobias" me atrapalhe na reconstrução dos muros da minha "Jerusalém".
    Aí pensava em algumas coisas que "esse" ou esses poderiam fazer.
    Mas agora lendo esse post, veio o entendimento à minha mente, que é essa a resposta que vem de Deus.
    É muito mais do que eu imaginava.
    Obrigada!
    Deus abençoe!

  2. Shalom;

    Bela mensagem, que possamos tomar cada dia o exemplo de Neemias na obra do Senhor… Que o Eterno te encha de Graça;

    seu amigo;

    Ev. Anderson Araujo.

  3. Caro Pr. Marcello de Oliveira,
    Shalom!

    Parabens pelo edificante texto!

    Que o Eterno nos ajude a eliminarmos Tobias e toda a sua mobilia da nossa vida!

    Um grande abraco1

    Pr. Carlos Roberto

  4. Caro Pr. Marcello parabens pelo texto esclarecedor de cunho teológico…..

    Em Cristo,

    Pb. Juari Barbosa
    Morphen doulou labo

  5. Caro Pastor Marcelo,
    Graça e Paz!

    Meus parabéns por seu blog. Sou um grande adimirador do seu ministério. Estou muito feliz, pois Deus tem levantando uma geração de jovens, como nós que tem ha preocupação e o zelo de aprender e ensinar ás verdades da Palavra de Deus. Deus continue abençoando grandemente sua vida, familia e ministério. Deus é Contigo homem de Deus.

    Nos Laços do Calvário
    Pr. Gutemberg Maciel

  6. Marco Teles disse:

    Fico honrado em ter recebido sua visita em meu blog, tendo em vista o conteúdo bíblico e edificante que o irmão divulga. Penso que muitos cristãos comprometidos com a pregação responsável e coerente da Palavra de Deus, tem descoberto os blogs como fonte de divulgação do evangelho. Sempre existirão os móveis de Tobias nas igrejas, afinal, está previsto, mas a Palavra que permanece é a de Deus e graças a Ele, o falso evangelho mercadológico não tomou lugar totalmente de nossa nação, para que muitos ainda ouçam a verdade e sejam salvos.
    Deixo mais um comentário quanto a seu texto: além de profundo, objetivo, é de fácil entendimento, coisa muito importante num mundo rápido demais para pensar em Deus. Quem lê seu texto não tem desculpa para dizer que não entendeu. Parabéns!

    Que Deus abençoe seu Ministério.

    Marco Teles – abibliaevoce.com.br

  7. Confesso que não é fácil se desfazer desses "móveis", principalmente daqueles que julgamos fazer parte da nossa história. Mas, quando tomamos coragem em Deus de fazer e resolvemos "excluir" e "substituir pelos "móveis e utensílios de Deus", uma sensação de bem estar transborda a nossa vida… E, temos outra visão das coisas… Descobrimos tantos espaços que possuímos e, que, antes eram escondidos por tantos “cacarecos”. Vemos que as coisas celestiais são infinitamente mais úteis e necessárias que aquelas que insistíamos em manter…

    Não podemos deixar que a nossa vida, vire um depósito de inutilidades, não é mesmo?

    Muitas vezes até temos a certeza que essas "tralhas" não deveriam estar ocupando lugar em nossa casa espiritual. Mas só conseguimos percebê-las com a insistência do Espírito Santo. Ele insiste, persiste e não desiste de nós, até que verdadeiramente tomemos a atitude de substituir definitivamente estes "móveis de Tobias" de nossa mente e de nosso coração. Isso para que realmente estejamos dentro da perfeita vontade do nosso Senhor e Salvador Jesus.

    Glórias a Deus, por este amor incomparável, que nos dá uma nova oportunidade de recomeçarmos hoje do jeito certo (e com os móveis certos)!

    Graça e Paz do Eterno.

    ————

    Terminei de ler todas as novidades dos últimos 30 dias aqui…

    Agora, tô saindo para o culto.

    Abraço.

    Elaine Cândida

  8. marcio monteiro disse:

    Amem!!! muito bom esse estudo, gostei. shalon Adonai!

  9. roseval disse:

    gostei muito dessa mensagem, gostaria de receber por email

  10. marcos lira disse:

    eu as 4:57 da madrugada estudando a bíblia e me acho nessa página para entender sobre os móveis se Tobias.neemias 13.
    o estudo desta pagina foi de grande clareza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *