“TETÉLESTAI” – Está consumado!

Introdução

Atualmente não gostamos de contemplar o horror da cruz; por isso nós a enfeitamos e quase a deixamos bela. Transformamos a cruz numa linda jóia cheia de brilhantes e pedras preciosas. Devemos lembrar, que para suas vítimas, a crucificação significava vergonha, tortura, uma morte lenta e agonizante. No momento em que pessoas se vêem confrontadas com a morte, muitas perdem suas máscaras e tornam-se verdadeiras.

A história registra as últimas palavras de grandes homens:

DAVID HUME, o ateu, gritou: “Estou nas chamas!” Seu desespero foi uma cena terrível.

HOBBES, um filósofo inglês: “Estou diante de um terrível salto nas trevas.”

GOETHE: “Mais luz!”

NIETZSCHE: “Se realmente existe um Deus vivo, sou o mais miserável dos homens.”

JESUS CRISTO: “Está consumado.”

Esta foi a sexta palavra que Jesus disse na cruz, está registrada em Jo 19.30. Quando comparamos os registros do Evangelho, descobrimos que Ele gritou em voz alta: “Está consumado!”. Esta declaração não foi o gemido de um homem derrotado, mas o grito triunfante da vitória do Filho de Deus, nosso Salvador. Aos trinta e três anos, a maioria das pessoas costuma afirmar: “É o começo”. Mas, nessa mesma idade, Jesus dizia: “Está consumado!” Ele não disse: “Estou acabado”. Não se tratava do lamento de uma vítima vencida pelas circunstâncias, mas o grito de um vencedor derrotando todos os seus adversários. Na língua grega, o significado destas palavras é: “Está consumado, permanece consumado e estará sempre consumado”.

“Tetélestai”Um termo familiar

Embora esta palavra não seja conhecida de muitas pessoas dos dias atuais, ela era familiar quando o Senhor Jesus ministrava na terra. Os arqueólogos descobriram diversos documentos gregos antigos que continham esta expressão. Quando o Espírito Santo inspirou os escritores do N.T, guiou-os para usarem uma linguagem comum do povo dos dias de Jesus. E esta expressão: “Está consumado” fazia parte da vida diária das pessoas. Vamos explorar estas palavras que eram usadas por alguns indivíduos daquela época, e assim, entender melhor o que significa as palavras de Jesus na cruz.

Servos

Os servos e escravos usavam esta palavra sempre que terminavam um trabalho e levavam o fato ao conhecimento de seus senhores. O servo dizia: “Tetélestai” – Terminei a tarefa que me deste para fazer”. Isto significa que o serviço fora feito como o senhor determinara e na hora que estabelecera.

Jesus Cristo é o Servo santo de Deus (Fp. 2.5-11). O profeta Isaías o descreveu como o servo sofredor de Deus (Is. 42.1-4; 49.1-6; 50.4-9; 52.13 – 53.12). O Dr. John Stott lança luz sobre este tema quando diz que nos textos acima, temos quatro cânticos conhecidos como Cânticos do Servo. Em seus primeiros sermões, registrados no livro de Atos, Pedro se refere a Jesus como “servo” por quatro vezes. Os quatro Cânticos do Servo oferecem diferentes imagens do servo do Senhor. No primeiro, (Is. 42.1-4) o servo é retratado com um mestre, ensinando com mansidão, dotado do Espírito e alcançando os povos. No segundo, (Is 49.1-6) o servo é retratado como um evangelista. A ênfase agora está nas nações distantes. No terceiro, o servo é retratado como um discípulo (Is. 50.4-9), pois é evidente que não se pode ensinar sem primeiro ouvir e aprender. É por esta razão que Iavé desperta o ouvido do seu servo “manhã após manhã” (v. 4). Ele primeiro precisa abrir seu ouvido antes de abrir a boca, mesmo que o que ele aprenda ou ensine seja impopular ou provoque perseguição. Por fim, o servo é retratado como o Salvador sofredor (Is. 52.13 – 53.12), aquele que (falando profeticamente) foi ferido pelas nossas iniqüidades e carregou em seu corpo os nossos pecados.

Jesus Cristo veio à terra como servo por ter uma obra especial a fazer. “Consumei a obra que me confiaste para fazer” (Jo. 17.4). Quando os seus discípulos estavam discutindo sobre qual deles era o maior, Jesus censurou-lhes o egoísmo, dizendo: “Pois, no meio de vós, eu sou como quem serve” (Lc. 22.27). Ele tomou até o lugar de servo e lavou os pés deles (Jo. 13.1-17), mas seu maior ato de serviço foi quando morreu por eles e por nós na cruz.

Sacerdotes

Os sacerdotes gregos também usavam esta palavra. Sempre que os adoradores levavam ao templo sacrifícios dedicados ao deus ou deusa que adoravam, os sacerdotes tinham de examinar o animal para certificar-se de que era perfeito. Se o sacrifício fosse aceitável, o sacerdote dizia: “Tetélestai – não tem defeito”. Os sacerdotes judeus seguiam um procedimento similar no templo e usavam o equivalente hebreu ou aramaico deste termo. Era importante que o sacrifício fosse perfeito.
Jesus Cristo é o sacrifício perfeito e imaculado de Deus. O Cordeiro de Deus que morreu para tirar o pecado do mundo (Jo. 1.29). Como sabemos que Cristo é um sacrifício perfeito? Deus Pai afirmou isso. Quando o Senhor Jesus foi batizado, o Pai falou do céu, dizendo: “Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mt. 3.17). Com estas palavras, Deus Pai colocou o selo da aprovação sobre Deus Filho. A seguir, Deus, o Espírito Santo, desceu como pomba e pousou sobre Jesus, acrescentando assim seu testemunho ao do Pai (Mt. 3.16).
Os inimigos de Cristo tiveram que admitir que Ele “foi” irrepreensível, pois se viram obrigados a alugar mentirosos para dar falso testemunho d’Ele em seu julgamento. Nenhum dos apóstolos jamais disse: “ouvi Jesus contar uma mentira”, ou “vimos Jesus cometer um pecado”. Ele é o Salvador perfeito, o Cordeiro de Deus “sem mancha e sem mácula” (I Pe. 1.19).
Pilatos, o governador romano, admitiu: “Não vejo neste homem crime algum” (Lc. 23.4). Até o traidor Judas confessou: “Pequei, traindo sangue inocente” (Mt. 27.4). Todos os que conheceram a Jesus podiam dizer: “Tetélestai! – Ele é o sacrifício perfeito, impecável”.

Artistas

Quando um artista ou escritor completava seu trabalho, eles davam um passo para trás, contemplavam a obra, e diziam: “Tetélestai! – está pronto. Isso significava que a morte de Jesus na cruz “completa o quadro” que Deus estava pintando, a história que vinha escrevendo havia séculos.
Para a pessoa que não conhece a Jesus Cristo, o A.T. será algo muito difícil e sombrio de se entender. No A.T. você encontra cerimônias, símbolos e profecias que não parecem ajustar-se a um padrão lógico. O A.T. é um livro de muitas cerimônias não explicadas e profecias que se cumpririam no futuro. Portanto, você não consegue a “chave hermenêutica” até que
conheça a Jesus Cristo. A menos que você conheça a Jesus, o A.T. é como andar numa galeria de pintura com as luzes apagadas. Quando Jesus veio ao mundo, Ele completou o quadro e acendeu as luzes! Na sua vida, morte, ressurreição e ascensão, Jesus cumpriu os símbolos, profecias, e explica o significado da “pintura” que estava sendo confeccionada pelo Pai.
O evangelho de Lucas, no capítulo 24, ilustra esta verdade. Dois discípulos desanimados estão andando pela estrada de Emaús, discutindo a morte de Cristo e tentando descobrir o que ela significava. De repente, o Cristo ressurreto se junta a eles e os discípulos lhe contam sobre suas esperanças desfeitas e mentes confusas. Então, Jesus lhes disse: “Ó néscios e tardos de coração para crer tudo que os profetas disseram!” (Lc. 24.25). Depois, começando com Moisés e todos os profetas, o Senhor falou sobre as Escrituras do A.T. e explicou o panorama geral. Ele acendeu as luzes. Sua obra no Calvário havia completado o quadro, de modo que o grande plano da salvação de Deus estava agora claro para todos. Hoje podemos ler o A.T. e ver este quadro maravilhoso, embora ainda haja certas dificuldades e coisas difíceis de entender. Por causa da obra consumada de Jesus na cruz, podemos ver a tela completa pintada por Deus.

Mercadores

“Tetélestai” era uma palavra usada por servos, sacerdotes e artistas, mas os mercadores também a empregavam. Para eles, o termo significava “a dívida está completamente paga”. Se você comprasse algo “a prazo”, quando fizesse o último pagamento, o negociante lhe daria um recibo com a palavra “tetelestai”, ou seja, “quitado”. O débito fora totalmente pago.
Os pecadores incrédulos têm uma dívida com Deus e não podem pagar a conta. Por terem quebrado a lei de Deus, estão falidos e impossibilitados de quitar essa dívida. Mas Jesus pagou-a quando morreu na cruz. É isso que “tetélestai” significa: a divida foi paga, ela permanece paga e estará paga para sempre (Cl. 2.14-15). Nossa dívida com Deus era infinita. Jamais poderíamos saldá-la. Todos estamos aquém das exigências da lei. Ela requer perfeição, e nós somos imperfeitos. Nada que seja contaminado pode entrar no céu (Ap. 21.27).
Contudo, o que não podíamos fazer, Jesus fez por nós. Em Cristo, ficamos quites com a lei de Deus; as demandas da justiça divina foram satisfeitas. O sangue de Jesus nos justificou. Agora já não há mais nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. Jesus se fez pecado por nós para que fôssemos feitos justiça de Deus.

Conclusão

“Tetélestai” era uma palavra familiar, dita por um salvador fiel sobre uma obra consumada. Quando Ele gritou a palavra, isso significou que todas as profecias do A.T. referentes à sua obra na cruz estavam então cumpridas e terminadas. A partir de Gênesis 3.15, Deus prometera que um Salvador derrotaria Satanás. Todos os retratos de Cristo existentes nos rituais e objetos do tabernáculo, do ministério sacerdotal e do sistema sacrificial estavam completamente terminados e cumpridos. Os símbolos e profecias do A.T. foram cumpridos. O véu do templo se rasgou em dois, e o homem pôde então entrar na presença de Deus. O caminho da salvação foi aberto.
“Está consumado” significa que a Lei da Antiga Aliança estava terminada. Não vivemos mais sob a escravidão da lei; em vez disso, vivemos na liberdade da graça de Deus (Rm. 6.15). A palavra importante do Evangelho não é “faça”, mas “está feito”. A obra da redenção terminou. Amém!

Pr Marcelo de Oliveira

Bibliografia: Stott, John. A Bíblia Toda, Ano Todo. Editora Ultimato

36 Responses to “TETÉLESTAI” – Está consumado!

  1. Ednaldo disse:

    Pr. Marcello Shalom,

    Obrigado, não só pela aula dada com simplicidade e profundidade, mas por nos abençoar apontando para Aquele que É, que Era e que há de Vir.

    Ednaldo.

  2. Matias Borba disse:

    Nobre Pastor,
    Paz!

    Muito bom texto, uma aula para nos.

    Deus abencoe!

  3. Pastor Marcelo, shalom!
    Eu já li esta postagem, mas ela significou tanto para mim, que parei e meditei novamente.
    Tetélestai – que palavra maravilhosa! Aleluia!
    Que o Senhor Deus possa abençoar mais e mais este blog.
    Fique na paz do Senhor Jesus.

  4. Fabrício disse:

    Bem-vindo ao mundo dos blogs.

    Como havia comentado no outro site, precioso artigo, bastante didático.

    A obra da redenção está consumada. A graça de D’us nos fortalece e capacita para cumprirmos Sua Lei, agora gravada em nosso coração, com gozo e satisfação.
    (Salmo 119:44,45)

    Graça e Paz.

  5. Caro Ev. Marcelo Oliveira,
    A Paz do Senhor!
    Muito bom seu texto.
    Continue assim.
    Seu blog se tornará um referencial para consultas, além do que, o conteudo da mensagem é oportuno para uma grande reflexão.
    Um grande abraço!
    Pr. Carlos Roberto

  6. Caro pr. Marcello

    Sua presença honra e valoriza a blogosfera evangélica. Estarei acompanhando o seu blog e, na medida do possível, agregando comentários que nos permitam maior interação nos assuntos que o irmão estiver desenvolvendo.

    Abraços

  7. Shalom Ednaldo!

    1. Nossa pregação deve ser Cristocêntrica. Não temos outra glória, a não ser a cruz de Cristo – Gl 6.14

    obrigado por sua participação!

    Pr Marcello

  8. Shalom!

    1. Amado Pr Carlos Roberto, sua visita e seus comentários honram este singelo blog. Que o sr continue sendo esta referencia no ministério e também na internet.

    um abraço, Pr Marcello

  9. Shalom!

    1. Nobre Pr Geremias, que honra receber sua visita e seus comentários. Deus continue lhe usando como voz profética e apologética, para o aperfeiçoamento dos santos.

    Muito agradecido, Pr MArcello

  10. Paz do Senhor,homem de Deus!
    Fui muito abençoada com a leitura deste texto… Pude meditar em muitas coisas, principalmente na perseverança e na fidelidade ao meu Deus! Todo o sacrifício e “vergonha” que Cristo sofreu não podem ser tomados como uma simples atitude! Hoje, mais que nunca, sabemos o significado da cruz para que nós tivéssemos vida! Jesus venceu a morte, venceu a cruz, venceu a vergonha! Glória a Deus! Tudo aquilo que Deus havia determinado para que tivéssemos a oportunidade de sermos livres foi cumprida!

  11. Anonymous disse:

    caro marcelo,a paz do Senhor.amei o seu comentário,simplesmente maravilhoso,tipicamente de quem conhece as escritura e a expõe como um defensor da fé cristã.fico feliz em conhecer grandes expoentes da palavra de Deus,homens que dão suas vidas por amor do verdadeiro envangelho de Cristo,nosso salvador.meu querido irmão,essa aula exégetica,então,muito boa.amado,poderia fazer uma exposição sobre II coríntios 11.13,obreiros fraudulentos.vou esperar sua resposta,pois,talvez muitos estão interessados no assunto.fica com Deus,e que o mesmo lhe abençoe,com todas sortes de benção nos lugares cerlestias em Cristo Jesus.
    ops já coloquei seu blog nos meus favoritos,com énfase,no favorito.

    ivair de oliveira
    ivaird@hotmail.com

  12. Shalom!

    Prezado Ivair, obrigado pela visita, e por suas bondosas palavras. ORe por mim. PReciso a cada dia da graça e inspiração de Deus para escrever, e desse modo, os leitores sejam abvençoados e tocados pelo poder da Palavra do Eterno.

    abraços, Pr MArcello

  13. Querido Marcello,

    muito boa a postagem. Fez-me lembrar de uma mensagem que ouvi há muitos anos de um velho missionário entre os ribeirinhos que, ao longo do sermão, sempre afirmava: “tetélestai, tudo foi pago!”

    Abreço.

  14. Gente…

    Ainda estou lendo e me fartando da Palavra do Pai neste lugar tão agradável e perfumado com o aroma de Cristo.

    Que Bênção!

    Já aprendi muita coisa nova por aqui. Que maravilha é comprovar a cada instante que a Palavra do nosso Deus é sempre viva e jamais Se esgota! Que maravilha é encontrar filhos de Deus dispostos a compartilhá-Lha conosco!

    Jesus te retribua inúmeras vezes mais com toda sorte de bênçãos.

    Paz do Senhor.

  15. GLADIADOR disse:

    Graça e paz pastor Marcelo.

    Excelente comentárió,muito esclarecedor.poderei usar o que aprendi neste estudo em futuras mensagens na minha igreja,para abvençoar outras vidas ao tomarem conhecimento da profundidade e do poder desta palavra.Que Deus o abençoe abundantemente.

    Evangelista Daniel(Ass.Deus Bom Retiro-Itaquaquecetuba)

  16. Fabiane Couto disse:

    Quanta riqueza!!!
    Deus abençoe sua vida!!
    Continue nos ensinando!!

    Fabiane Couto.

  17. SHALOM!

    1. Prezada Fabiane, grato por sua visita e distinto comentário. Qual é o endereço do seu blog? Gostaria de conhecê-lo!

    abraços, Marcello

    e-mail: evmarcello.olliver@gmail.com

  18. Flávio Alves disse:

    Amado Pastor,

    Que Deus continue abençoando o seu ministério.
    Não Pare, não retroceda! Siga avante, triunfante e perseverante pois o Deus que te chamou para ser mestre estará contigo sempre.

    Forte abraço,

    Pr.Flávio Alves
    ministerioflavioalves.blogspot.com

  19. Sandro Moraes disse:

    Pr Marcello, Shalom! Amado, que o Senhor Deus continue te abençoando em seu ministério. Como é bom ler uma reflexão tão rica, profunda e edificante acerca da obra de Cristo na cruz, sem glamourizações e longe dos evangelhos sem cruz cada vez mais comuns. Um abraço!

  20. Valmir disse:

    Pr. Marcelo.

    Ótima reflexão.

    Tetélestai!

    Valmir
    http://www.comoviveremos.com

  21. Caro pastor,Deus tem nos abençoado através de sua dedicação, pesquisa e santidade ao Senhor. um abraço, Pr Enio Torres.

  22. Andre Rulian disse:

    MUITO BOM SABER DE TUDO ISSO E SERIA BOM QUE AS PESSOAS SOUBESSEM DISSO TAMBEM, SÓ DISCORDO EM RELAÇAO A LEI CLARAMENTE NAO DEPENDEMOS DELA PRA SALVAÇAO MAS ELA É ETERNA COMO O PROPIO JESUS DISSE. NÃO PENSE QUE VIM REVOGAR A LEI OU OS PRFETAS MAS VIM PARA CUMPRIR.ATÉ QUE TUDO SE PASSE NEM UM I OU TIL SERA TIRADO DA LEI….

  23. helio disse:

    ola meu caro pastor,responda eu tenho vontade de colocar uma marca em um produto com o nome (tetelestai) isso seria legal? ou seria uma erezia? o que o senhor acha/

  24. Marcello de Oliveira disse:

    Não é heresia, todavia não é bom que o irmão coloque isso em um produto. Comércio é comércio. Bíblia é Bíblia. Temos que ter cautela. Essa palavra é de uma profundidade enorme, pronunciada pelo Rei dos Reis.

    att, Pr Marcello

  25. Pr. Marcello, que Deus continue te Abençoando!

    Curti muito o assunto.

    Graças a Deus ainda existem pessoas que estão dispostas a compartilhar seu conhecimento gratuitamente! Muito obrigado!

    Vou divulgar o seu site lá no meu blog!

    Tenho o blog a pouco tempo, e gostaria de saber se posso usar a sua postagem em meu blog.

    e-mail: emerson_tromm16@yahoo.com.br

    Obrigado,

    Emerson.

  26. otacilio sd cristo. disse:

    então quer saber eu fiquei sem entender o que significa quando o sr pastor qiuz dizer em genesis 3,15 me diga + claro por favor .

  27. Marcello de Oliveira disse:

    Esta é uma profecia do Messias. A serpente enganou a Eva. Todavia da fraqueza da mulher (Eva), Deus enviaria aquele que derrotaria a serpente, o Messias.

    att, Pr Marcello

  28. Pr Sérgio cardoso disse:

    A paz pr. Marcello, tenho acompanhado seu blog. sou maravilhado pela riqueza de seu conteudo, sua humildade e grande sabedoria que deus o deu, parabens, que o Senhor te engrandeça mais e mais sempre…

  29. Gabriela Queiroz disse:

    A paz Pr, muito bom o seu texto !
    Que Deus continue o abençoando para que possa fazer outros esclarecimentos assim .

  30. cristiano souza disse:

    fiquei maravilhado
    que palavra mais profunda”tetélestai”
    está cosumado:a divida foi paga;teminei a tarefa;o sacrificio perfeito sem mancha nem defeito
    grande coisas tem feito o senhor por nós porisso estamos alegres
    está pronto a pitura do criador e a nossa divida foi paga agora entendo o verdadeiro significado de romanos 8
    pois nenhuma condenação á para mim que estuo em Cristo Jesus que pagou toda a minha divida se fazendo pecado em meu lugar amem e obrigado por essa mensagem que Deus continue abençoando esse blog

  31. Ana inacio disse:

    É a primeira vez que visito o seu blog e me deparei com esta palavra que me deiou impactada.Estava precisando de uma palavra nesta manhã,ela veio direto ao meu encontro.Obrigada.Que o Senhor continue te usando sendo abençoado e abençoador.

  32. FLAVIO disse:

    UHHHHHHHHHHHHHHHHHHH…
    SENTI UMA FORÇA TÃO GRANDE DENTRO DE MIM, QUE DEU VONTADE DE GURREAR CONTRA TUDO QUE É DEMONIO. QUANDO VOCÊ ENTEDE QUE LUTAR CONTRA SATANÁS E CHUTAR CACHORRO MORTO A SITUAÇÃO MUDA DE FIGURA… JESUS JÁ VENCEU ELE, NOS LIBERTOU… DETÉLESTAI. AMÉMMMMM GLÓRIA A DEUS.

  33. Pr.Jozê disse:

    Amado pr. Macelo. Sabemos que existem muitos Sofismas em ensinos e pregaçoes, mas o irmao fala com Sabedoria e revelaçao. Que nossso Deus acressente bençaos sobre bençaos em sua vida, familia e ministerio.

  34. ROSANGELA GOMES DA SILVA disse:

    Fiquei encantada quando meu Pastor falou a respeito desta palavara Tetélestai em seu sermão no domingo de Pascoa, pesquisei mais a respeito, e te fato me senti mais fortalezida e confiante por saber que Jesus já fez tudo por mim e por toda minha geração futura.
    Gloria a Deus, me sinto feliz e segura.
    amém

  35. Pr. Fabio disse:

    Olá pastor marcelo, quando os sacerdotes hebreus na época de jesus, eles falavam mechile(cosumado) que é a mesma coisa que tetélestai? ou melhor é o mesmo significado dessa tradução??

  36. Espetacular!
    Abordagem muito objetiva e clara da obra redentora que o Senhor Jesus veio realizar nesta terra por nós. Fico muito feliz em ver como Deus tem iluminado a mente de irmãos comprometidos com o propósito evangelístico. Glórias à Deus!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *